.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 5 de maio de 2015

TU SOMENTE TU ...

Antes de ti jamais amei ninguém
E achei que era crível ser corpo para sempre cingido
Não apenas vendavais de devaneios cativos ao espírito
Dando-me uma ilusão partida que me trouxe
Ecos de angústia...

Seguirei os pássaros que habitam em mim
Assistindo misturar-se nas ondas o pranto de uma gaivota...
Dando-me a leveza dos versos... Tormentas de um poeta

 Nunca mais chegar... Nem partir...
Nunca mais crer em amores avassalantes...
Foste o único e somente tu...





celina vasques