.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sábado, 3 de março de 2012

É paixão!



É Paixão!


Ah! Amor que tatuei em meu coração

E que estava escrito no meu destino

As saudades que senti na tua ausência

Pareciam rasgar minha alma

Fragmentá-la... Dividi-la em mil pedaços

E esses pedaços espalharem-se pelos jardins

Quais flores perfumadas

Deslumbradas por ti...



Eis a armadilha do amor...

Um raio rasgando o firmamento

- desafiando -

Viajando vales e montanhas...


Atravessando oceanos...

Deixando rastros pelos caminhos que

me levam ao delírio... Todos os dias...

Muito mais que um anseio... é paixão!




Celina vasques