.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

LÁGRIMAS NA CHUVA




Talvez nunca mais te verei
- estou te perdendo -
não deverias ter-me excluído de tua vida
Quero esconder meu choro triste
então ando sem rumo
com toda a minha tristeza e sofrimento
e choro sob a tempestade....
lembrando daqueles dias
que agora me parecem distantes


Solitária e
triste com a dor apunhalando minh'alma
Gotas de chuva caem do céu
misturam-se ás minhas lágrimas e
eu vou caminhando sob a agitação
violenta de relampagos e trovões
com meu coração partido
sentindo-me perdida
levando minhas mágoas ...

Eu perdi meu caminho
continuo vagando sentindo frio
o peito gelado qual o inverno...
à procura da felicidade perdida
...e minhas lágrimas
misturando-se à chuva....







CELINA VASQUES