.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

FLUTUANDO...



Flutuando...


...no silencio dos jardins eternos
olhos fechados
oscilando no infinito do espaço
vejo-te minha alma gemea
uma felicidade invade meu ser
compreendo que é uma manifestação Divina...
nossas vidas
um caminho natural da perfeição!

E em meus devaneios penso
quantas vidas teremos vivido
através dos tempos
há quantos milenios este amor profundo
persiste em brotar a cada caminhada de
formação e morte ....
estivemos juntos sempre
e a cada reincarnação
todo o sofrimento
não terá sido em vão!"

E de mãos dadas prossigo contigo...feliz!


celina vasques