.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Amo-te sempre!



Hoje estive pensando longo tempo
Sonhava contigo acordada e em tudo
aquilo que vivemos juntos
Tu eras o meu chão a minha base
O porto seguro onde ancorava meu barco
em noites de tempestades...
O tempo te arrebatou de mim!

Tudo o que eu quero é voltar neste tempo
e viver tudo de novo
Sentir-te em cada musica, em cada poema,
na luz das estrelas
No luar que reflete no
meu quarto pela vidraça!

Hoje, agora, neste momento
Preciso de teu abraço apertado, teus afagos
Deitar-me em teu Colo e simplesmente chorar...
foram difíceis todos os dias
sem ti...
Sem poder tocar-te... Acariciar teus cabelos
tocar em teu rosto tão por mim amado!

Mas eu estou sempre contigo
Ah! Tua imagem acompanha-me em
todos os momentos de minha vida...
E choro... Chamo-te... Clamo-te... Reclamo...

Eu sei que tu estás
em algum lugar, e que pensas em mim... Eu sei!
Saiba que estarás sempre comigo
Nos meus sentires mais profundos e na minha alma
e todas as vezes que as lembranças me transportem
a esta melancolia saberei que tudo valeu à pena.







celina vasques