.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sábado, 1 de novembro de 2014

Minha alma poeta...



 
A minha alma tem escrito lindos poemas de amor

Ao alvorecer... E o meu coração tem tocado lindas canções

Ao anoitecer... Tudo para te mimosear...

Porque me sorriste sou feliz...

Recheei a alma de versos e a fiz tatuar em ti

Ouvi... Rodopiei... Cantei... Lindas melodias

Minha essência sorria... Só para ti...

Cingi à vida a paixão de que tanto esperei...

Fechei os olhos e vi um Todo-poderoso...

Fiz-te sagrado e abrandei todas as minhas mágoas

Agora desejo ser tão-somente o teu amor!



celina vasques