.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

UMA ESTRELA



Feche os olhos
pense em mim
fui um sonho
encantamento
magia
um mistério!

Estive aqui o tempo todo!
no romper das ondas do mar
na brisa
no infinito que não tem fim!
te esperei longo tempo...

Sentei-me na areia alva
fiz versos e canções
que viraram poemas pra ti
Chorei
gritei teu nome
eu era o amor desejado
...não reconhecido

Nas noites de luar
com cheiro de damas da noite
- flores perfumadas -
contava estrelinhas
e em cada uma
mais um dia vivido por ti!

Feche os olhos! Não chore!
Sinta meu corpo colado ao teu
roube-me todos os abraços
aperte-me em seus braços
sinta minha mão a te acariciar
meus olhos nos teus!

Esperei
demoraste
não vieste
vamos celebrar
agora sou aquela estrelinha
que guia teus passos...
Podes ver?







CELINA VASQUES