.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 8 de janeiro de 2012

Porque tu choraste aqui...



O céu cheio de estrelas
brilhavam e o clarão da lua
iluminavam meu vulto que caminhava
diante de ti...
e tu choraste aqui...em frente ao mar

Eterno é este mar
em que tuas lágrimas navegam
e a brisa suave levaram de ti
a ilusão ...e nesta bruma
ocultas teus sentires de mim...


Um dia meus olhos cruzaram com
os teus olhos
e minha vida transformou-se em paixão
e meu sono foi pouco a pouco
transformando-se em sonhos
de amor...

Mas...os amores são finitos...efemeros...
e caminhaste pelo mundo à procura de novas
ilusões em longas travessias e passos perdidos...




celina vasques