.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

PAIXÃO





Ah! Deixa que a saudade
dilacere meu coração
e nos pedaços - mil pedaços -
eu escreva versos tão apaixonados
que o mais imortal
dos poetas sinta inveja de mim!

Ah! Deixa que esta febre ardente
arrebente o meu peito e que
este amor se transforme em flores
- de todas as cores -
eu as ofereço pra ti

Ah! Deixa que no meu piano
- saudoso em harmonia -
eu toque canções infindas
e as melodias divinas
falem da minha paixão por ti.

Ah! Deixa que eu siga teu
rastro - como se fôras
uma estrela que transpondo
a sombra ilumine o
meu caminho - e todas as
trilhas me levem pra ti!

Ah! Visão do meu amor,
fulguras meu doce amante
em todos os meus sonhos e
fantasias, deixa que eu te afague,
quero respirar por tuas narinas
todo o meu alento, nem que seja só
neste momento,
quero tua alma, teu pensamento,
todo o teu sentimento.

Ah! Deixa que eu morra por ti !