.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

PAIXÃO DE VERÃO!




Foi no último verão...
Intensa qual o calor da temporada
Amor de loucura... Inebriante...
Momentos inesquecíveis

- sol de verão -
Sensual, atrevido e marcante
Efêmero cálido e excitante...

Para depois adormecer e ser esquecida
Igual a um abrasamento...
Depois de soltar suas lavras... Jogando as cinzas na atmosfera...
Deixando cicatrizes
Impressão viva... Objeto do meu sentir!

Apenas mais um... Amor de Verão!
Restaram as lembranças de o leve roçar na areia quente
Do belíssimo mar cor de esmeralda com suas ondas quais saídas do infinito
Avançam e morrem na areia cujas espumas
Num toque de amor roçou nossos corpos quentes... E que nos fez sonhar!

O Verão
Sobrenatural com a magnificência da vida e com o seu esplendor...
No entanto acabou ali!
O outono está por vir...

 CELINA VASQUES