.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

DÁ-ME TUA MÃO!



Sinto uma chama ardendo
no fundo do meu coração
é como se acendesse o fogo
faíscas que me dão força
para abraçar meu medo
e continuar a sonhar!
Sou um barco à deriva
Venha ...resgate-me!
sinto frio
tenho sede
preciso ter fé e coragem
acreditar que não estou
perdida no tempo...
Ja não acreditava
mais no amor
tantas dores
traições
mentiras e abandonos...
pensei então queria ser livre
não sofrer
não chorar!
Mas não posso viver sem
esse sentimento
que trago dentro do peito
Forte ...avassalador...
que está sempre em meus sonhos
nas minhas fantasias e nos meus
delírios e a cada dia
na luz dos teus olhos!
Dá-me tua mão
para que eu possa segurá-la
este toque talvez supere
meu silencio
preciso alcançar as estrelas
ter alguém a quem amar!







CELINA VASQUES