.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 14 de junho de 2016

Doce amanhecer...






Anseio todos os dias pelo voo das gaivotas no amanhecer
Percorrendo a imensidão do horizonte... Voam e gritam
Desenhando no azul do céu... Equilibrismos fantásticos...
Rasgando o verde esmeralda das águas do mar...
Minutando o amor... Inventando poemas...
desenhando no azul celeste
Uma poesia nunca se perde viaja sobre a beleza das paisagens...
 


Celina Vasques