.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Memória do coração...






Que sabes tu de minha alma?
Como podes entender os meus silêncios
E se são verdadeiros ou não os meus sentires...
Como podes avaliar os meus sonhos se nunca
Chegaste ao meu íntimo?
Eu não sabia que na memória do coração
Só guardam do passado os momentos felizes...
Mas, quem sabe noutro tempo... Além desta vida
Voltaremos a falar de amor?