.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

O teu amor é poesia...


Encantas o meu silencio
Com tua voz macia e quente...
Enlouqueces os meus sentidos...
Afagas-me ao segurares o meu coração
Sim, pois o tens nas tuas mãos...
E este amor tão nosso... Escreve versos...
E meus pensamentos voam quais aves
Ao encontro do orvalho das manhãs
E peço ao tempo infindáveis dias
Para que a memória guarde cada minuto...cada segundo...
Destes momentos contigo...
E quando estiver silencioso o meu coração
E meus pássaros calarem
o amanhã não seja mais do que a memória do hoje!



celina vasques