.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 28 de julho de 2015

Não me falem do tempo...


 





Não quero saber quão passou e quanto ainda virá
Só sei que continuo caminhando na busca
De um anjo de olhar profundo
Que se perdeu de mim em tardes ardentes
Num passado ainda tão presente...
Que de tanto vou derramar um pouco desse amor infindo
Pelo Mar...



celina vasques