.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Delírio pungente...





Aguardo-te para vivermos  quentes momentos
e assim te aguardo com ansiedade....!
E já te adivinho ...Sinto tua presença...

Chego a sentir
Teu olhar avaliando meu corpo despido... Onde
Escreves poemas e entras nos meus poros...
Fazendo com que minha pele respire versos de amor...!

E eu em meu delírio pungente... Viajo para lugares inimagináveis
Visíveis apenas para quem vive este momento de paixão
Seduzida pelos mistérios de teus escritos... Fraquejada ao teu toque...
E assim abandono-me e desmaio no entusiasmo do encanto!

Celina Vasques II​