.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Lixão...








E no logro de aglomerados o martírio pernoita...
nos cacos de ruídos entorpecidos
e nas deficiências chamuscadas na pele dos eternos catadores...
e prosseguem ao contemplar a cor rubra do entardecer...
... e no tilintar noturno de hipotéticas canções!



celina vasques