.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Te inundarei de cores...



Um dia vou lembrar estes momentos
Teu sorriso brilhante... Teus braços ao redor de mim...
Tudo tão esplêndido... Tu assim tão ardente...
Essa tua face assim tão suave...


Nada poderei fazer a não ser te amar...esta noite!


E vou vigiar a cor do mar para que não se perca...
E com o meu olhar devolver-lhe a cor...
E vou ficar aqui esperando tua volta... Ou da ilusão...


Farei poemas pra ti...
reescreverei canções...sinfonias e sonatas
Farei arder novamente teu coração de poeta...

E pintarei em tua retina o meu vulto e qual uma menina
Cobrirei-te de beijos e te amarei em dias sem fim


Plantarei sonhos... E colherei flores...
E com mil afagos
Vestirei a cor da esperança e te inundarei de cores!

Celina Vasques