.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sábado, 8 de novembro de 2014

no teu olhar




Vi nos teus olhos o meu céu...

Achei sorrisos, luz, meu sol...

Perco-me a fitá-los límpidos...



Um estranho olhar diferente 

de todos os que eu já vi...
Existem sonhos... Existe amor...

Este devaneio clamando um novo dia...

E silenciosamente prende-me

 à tua alma de sonhador...

Neles o crepúsculo dorme 
arrastando-se entre o vento e o tempo ...do teu olhar!
 celina vasques