.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

EMOÇÃO...



E eu caminhava entre as árvores de um
Esplendoroso lugar ao entardecer
E sentia a brisa Fresca e úmida
Soprar em minha face
Encantei-me com a vida... Com os pássaros
Que cantavam no cume de uma frondosa árvore...
E me cativou este presente da natureza...
Um espírito poderoso e ativo...


Minha imagem desenha-se nas águas do lago...
Minha nudez mistura-se à natureza
E qual uma flor e uma serenata envelhecida
As sombras da floresta abrigam a canção...
A emoção ...
E os versos de uma pobre poeta enamorada...



celina vasques