.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Sinto sede de ti...

A noite aproxima-se hesitante
e eu recordo teu rosto... Teus cabelos grisalhos...
E aqueles inesquecíveis olhos... Sempre brilhantes como
Se as lágrimas estivessem sempre ali...
Sinto sede de ti... Melancolia... Saudades
Esta queixa solta em mim...
Ainda tenho tua imagem na retina... Teu nome nos meus ouvidos
Teu amor tatuado no coração e este vazio na minha alma! 


celina vasques