.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

saudade...dos ais e dos gemidos

A saudade
Me envolveu
E ficou a existir em mim,
Saudades do deleite conexo
Saudade dos suspiros
Dos ais e dos gemidos
No silencio do amanhecer
Sofrendo com tua ausência
Do lamento e da loucura,
saudade
Que persiste... Sem ter cura!


celina vasques