.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Rompo com a solidão


Contemplo o Céu e as estrelas
entrego-me nos braços da lua
E nos segredos da noite…
[Caminho]
Caminhos que me levam quem sabe a liberdade!
Sou peregrina vagueio pela estrada da vida...
Mas andei perdida...
Vivi desiludida.
Sem me encontrar...
[Sorrindo.]
Sorrisos marejados de lágrimas
Na alma levando apenas a ilusão
Tanto tempo vago e silencioso
E o vento seduz... Trazendo com sua força
Novas esperanças ao coração!

Celina Vasques