.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quarta-feira, 16 de julho de 2014

FUGIU A LUA...



Manhã de gotas de chuva brilhando
A noite que passou trouxe-me sonhos
Antigos... E no silêncio, sem brisa, sem ventos.
Sem mar, marulhar de ondas...
Apenas a pequenez de meu quarto
sem brumas... Não consigo resistir
À voz do silencio
Olho a janela novamente a manhã surgiu
Fugiu a lua... Ficaram somente as saudades tuas...
Nada trouxe do negrume da noite que me afligiu...

Celina Vasques