.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Amanhã...


.... Se lembrares de meu corpo quando tremia
Em tuas mãos ao afagar-me nas noites de verão...
naquela velha casa de praia...
Ficava às margens de um lugar paradisíaco...
a fogueira acesa... Desenhava uma luz cintilante
de uma chama em tênues acrobacias dominadas pelo vento forte... Sussurrando gemidos silenciosos
- E nós galopando na agitação do amor –
Depois ...Afagavas-me a face
Numa doce carícia de tonalidade azul...inesquecível momento...
Se lembrares de mim amor... Ah! Se lembrares de mim amor!

celina vasques