.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sábado, 1 de março de 2014

HARMONIA...de paz!

“ O sossego da solidão desponta  perfeita
  Harmônica com a saudade...e quando estiver calado o coração...
Quero que a tua voz me fale aos ouvidos
Que o tempo é infinito...não volta ...não regressa...que o agora é a
memoria do dia de ontem...
- quando estivemos juntos -
Mas que amanhã será um novo dia e que este silencio
não é... nem será solidão....E sim uma harmonia de
é uma paz pela harmonia de dois seres, tantas..

"harmonia", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/harmonia [consultado em 01-03-2014].
é uma paz pela harmonia de dois seres, tantas..

"harmonia", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/harmonia [consultado em 01-03-2014].
paz de nossos sentires...acordes de canções onde
as notas musicais serão nossos afagos ... carícias e
sussurros de amor...
 serão sempre e para sempre eternos...
quieta nesta ilusão...eu creio e enlaço-te  docemente 

olhando-me no cristalino do teu olhar...!”


celina vasques