.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 9 de março de 2014

Viajante do tempo...






Viajante do tempo...

Hoje viajei pelo tempo..
No sopro do vento forte qual melodias
 soltando lamentos de solfejos penetrantes


Meu corpo relaxa num voo de serenidade
beijando a brisa e sentindo o perfume  das cores
Limão ...cereja... morango...arco íris de paixões...
voejar… vagarosamente  ao encontro
 da vida...vivida contigo...


Do infinito
vejo o mar...o firmamento...o horizonte...onde
me chegam ...profundas  lembranças de momentos e
Murmúrios de amor passeiam nos meus sonhos...

celina vasques