.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 2 de março de 2014

Aroma de jasmins....


Perfumei
meu corpo com o aroma de jasmins
colhidos neste jardim ao entardecer...
faço um pacto de amor à luz da lua...
aprisiono o medo do silêncio
e das angustias
e deixo soltar as minhas emoções e as paixões
Embriago-me e entrego-me
A esse fulgor imenso e
deixo cintilar meu espírito...


Depois do amor...
... adormeço nas sombras da noite
esperando o amanhecer de mais um dia....
Sinto ainda em mim a brandura desta brisa
exalando jasmins...
jamais esquecerei os sentires do verbo amar...

celina vasques