.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Versos dispersos...




Tu és de mim o segredo jamais revelado...
Amei-te em silencio por longo tempo...
Tu me encantaste...roubaste meus suspiros
Poemas e canções...as lágrimas...me trouxeste a insônia...
Acordaste meus desejos que adormeciam desencantados...

Eu só tenho olhos pra ti...queria prender-te em
Meus abraços...inundar-te com afagos...
Sussurrar em teus ouvidos toda esta minha paixão...

E rabisco
meus avessos nos versos dispersos...
nas paredes frias dos meus desencontros e sonhos desfeitos...
ansiosos ...inquietos...por ti!

Fala-me só por um momento:” Também te quero assim...”

Celina Vasques