.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Quietação...



Partilho na beira da praia a minha quietação...
De miragem me visto...prendo meu olhar
Nas ondas do mar...nessas espumas que se espalham
Misturo na neblina as lágrimas...o meu riso...e a minha saudade!

Embriago-me com a presença de tua ausência...amordaço no peito
Este grito que me vem da alma... dou vazão ao meu coração...
Suspiro devaneios neste mar de ilusões....
Harmonizo com o vento cúmplice da minha solidão!

celina vasques