.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 30 de abril de 2013

Longe de ti...









                Longe de ti...


O meu sorriso e o meu silencio
Perderam-se nesta gigantesca bruma 

        das manhãs invernais...
O dia entardeceu no início do alvorecer...
Tenho saudades deste alguém 

         que muito me amou!

Levaste contigo meus sonhos e os anseios
também os dias e noites que me deste...
as palavras, teus sussurros, e
deixaste esta dor constante.....

          teu amor eterno
E esta ferida em minha alma!( que sangra)



celina vasques




quarta-feira, 24 de abril de 2013

Presente pra ti!






Vou criar coragem e dar-te de presente

 todos os versos que faço pra ti...

São versos que sorriem quando te vejo...
são contornos meigos
perfumados pelas rosas de jardins...

Brisas que trazem o cheiro de mar...
Este teu amar lento que me fascina e 
que me cobre de luz...a tua luz!

Quero o teu toque...o teu arrepio...o reflexo de tua alma
O teu pensar...o teu calor...e a tua dor!

Teus gemidos de amor...
Ergue –me a essência e a acaricia
Em pleno flutuar do amar...quero viver este amor perfeito
Quero o eco de tua voz...que em minha alma transcende
E me enlouquece!


celina vasques



terça-feira, 23 de abril de 2013

Pintor de almas perdidas...






Meu passado pintei em aquarela
Nas paredes brancas do tempo que se foi...
Dolentes memórias... Tormentos de amor...
Lembranças de sorrisos... Notas de canções
Que a vida não reescreveu... imagens nebulosas...
E simplesmente encarregou-se de olvidar...
nesse sentir passo as noites em total solidão...
pulsando em mim fantasiosas esperanças...
Errantes brumas que flutuam ao sabor do vento...
Já não canto... já não amo...
Pintor de almas perdidas!

Celina vasques

Só por hoje!



 Hoje...só por hoje
        Reparto contigo a minha noite calma...
                  O meu sorriso e esse fogo ardente que me queima a alma...
                         Abrandada chama   que vivia no mais profundo de mim...
              Descobri em ti o amor...a paixão...
                           Te dou meus sonhos...  Não mate esse amor...
                 Hoje... só por hoje... deixa-me suspirar palavras ao teu ouvido
                              E volitar contigo juntos no voo da felicidade!     

                                    Celina vasques     




segunda-feira, 22 de abril de 2013

pensamento...


Tua mágica presença seduz a minha alma
Com o teu intenso e profundo querer...
E a espera do teu chegar suaviza
as minhas noites de solidão...

celina vasques

terça-feira, 9 de abril de 2013

Então...Fiz-me tua!

Chegaste cobrindo-me de versos
Vestindo-me de lua... apagando as estrelas
Sibilando qual brisa 

Girando as folhas em escritas mágicas
estremecendo a relva macia...
onde meu corpo descansa
e em delírios na noite de sublime loucura
aprisionando
o meu olhar... meu coração... minha alma nua...
Então... fiz-me tua!



celina vasques