.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quinta-feira, 28 de março de 2013

Momentos preciosos






Ficou perdido o sentimento da saudade

Já nem tenho pressa... O tempo parou!

Já nem conto mais as horas fui ferida na dor mais sentida...

Inebriei-me da minha solidão... Uma mão gélida a apertar-me

O coração!


Mas, eu te amei... Nas minhas lembranças momentos preciosos

Verdadeira viagem da paixão!


Lamentei a tua despedida por beijos que eu te dei

E que nunca mais te darei...

Agora... Partilho a placidez harmonizando as minhas ilusões

No universo das brumas e eu deliro, a lágrima desliza...

Cheguei tarde... Tu já tinhas partido...

Não vi a ausente memória de teus olhos... Nem o silencio

De o teu adormecer...



Celina vasques

terça-feira, 26 de março de 2013

Agora eu sei...

"Agora eu sei que os sonhos são retalhos de solidão que viajam nas asas do vento...confetes de saudades dos intensos momentos vividos em nossas mais profundas ilusões"...
(celina vasques) 

NOSSA SENHORA


segunda-feira, 25 de março de 2013

Pétalas de rosas...











 

Meu amor, ao cair da noite
Ventos trazem
Pétalas de rosas que flutuam sobre nós...
Anjos cantam melodias que vão se escrevendo nas paredes
Partituras de uma canção muito antiga que embala nossos sonhos...
São poesias que fiz pra ti que és dono do meu universo...e de outras vidas!
Entrelaça tuas mãos nas minhas mãos...aperta-as...
Rosas vermelhas enfeitam nossos corações... o ritmo lento
Do tempo passando...e este romance que se
parece com a minha alma escrava de teus carinhos...
Encanta a minha vida, a minha poesia e o meu coração que arde em chamas...Vem!
Ilumina nossos olhos com a beleza deste amor!


celina vasques

sábado, 16 de março de 2013

imigrante...







Será que és uma dessas aves que voam sob as nuvens
procurando um lugar para viver...sem achar um pouso certo
E o vento acaricia tuas asas que flutuam
em uma dança sensual
E tu imigras para outras terras chorando a dor de
Teus perdidos amores...
e cada voo é uma esperança em busca de tua metade...
… Apesar do que há em ti de infindo.
Quem sabe estarás tão perto deste céu
Azul onde minha alma cigana flutua em busca da tua...
sorvendo a minha solidão....

celina vasques

Inesquecível amor...



Eu te amei sabia?
 O carinho... Nossas  loucuras...
O teu toque apaixonado quando fazíamos amor!
Às vezes me ponho a recordar aqueles dias tão lindos
Em que ouvíamos musica, enlaçados,
Loucos de paixão!
Amei sim... Com toda a força de meu coração...
Fecho os olhos e vivo tudo novamente... É Inesquecível amor!

Lembro cada dia, todo instante que estivemos juntos...
Momentos de fantasia em dias ensolarados de nossa juventude...
Tua tez negra me incendiava, teus lábios carnudos lindos...
Que beijavam como se eu fosse uma flor delicada...
Teus olhos negros... E tua paixão avassaladora...
 Ciumenta...
Ardente...
 Ao mesmo tempo tão frágil!
 Em momentos delirantes quando
 Nossos olhares se buscavam com amor!

O tempo passou a vida que segue... Inexorável!
Nunca mais o teu amor... Só lembranças e a nossa musica...
Acordes que falam de amor eterno...
E das saudades de ti!



celina vasques

quinta-feira, 14 de março de 2013

O tempo voa...







Desvia o teu olhar... Que a saudade é agonia... 
Segue viagem... Nosso amor nasceu numa neblina de verão
Leva o que existe de ti aqui dentro... 

Arranca do meu peito este amor imperfeito...
Até essa lembrança que magoa, maltrata e 

Lateja a minha alma...

Foram tantos dias de amor...

Belos entardeceres que agora 

É nada mais que passado...

Hoje meus dias são cheios de lágrimas... 

Só o teu amor me bastava... O resto é nada! 
 Não! Não me lastimes... eu ainda posso alcançar 
 o infinito e tocar as estrelas... 
O tempo voa...logo vou te esquecer! 



celina vasques

terça-feira, 12 de março de 2013

Promessa...


Prometo amar-te
Mesmo depois que te perder...
Encantada te encontrarei em sonhos
E apenas seguirei
tua vida de bem longe....
Lacônico reger da sonoridade
Daqueles momentos que também vivi...
Emoções do tempo em que eu te amei...

Na contemplação plácida de teus amores...
Até meus últimos momentos 



celina vasques

sexta-feira, 8 de março de 2013

Coisas de Ontem...




Já não me vale o que disseste ontem...
Já não me envolves!

Nada mais te tenho a dizer...
Estive presente apenas em tua duvidosa solidão?!
Talvez... Foram tantas mentiras...

Momentos de fantasia? Não sei...
Já não me importa a tua alma 

que eu cria minha!


celina vasques

quinta-feira, 7 de março de 2013

SOU EU...MULHER!







Sou poetisa mágica
que inspirada no amor
bebo a vida e a
luz da Paixão

Sou mulher

sou guerreira
que sorrindo
vive cantando
encantos e
desencantos


De loucura e furor

meu coração acende
todas as chamas
do ódio ao amor!

Tenho um deserto de

amarguras n'alma
trago no peito
vivas chagas
de um amor perdido...

Sou a tristeza dos mares

o verde das árvores
o cheiro das flores
a sinfonia de pássaros
o vento das noites
o tremor dos pinheiros
Cantigas de Amor!

Quem sou eu?

A languidez de teus olhos
tua sombra
o éco dos teus passos
teus suspiros e queixumes
teu prazer!

Sou um canto de saudade

a lágrima ardente que
em teu colo orvalhei...

Quem sou eu? MULHER! 



CELINA VASQUES 

quarta-feira, 6 de março de 2013

do jeito que te amei...







Eu sei que nunca mais amarei alguém
Do jeito que te amei... Contigo realizei
Todos os meus sonhos e fantasias
E eu te guardarei nas minhas lembranças...
E lamentarei cada dia por te perder...
Procuro na memória momentos perdidos
Olho para o céu e não vejo estrelas...
O mistério da escuridão vê somente
estas frias brumas... E a voz do silencio!

Celina Vasques