.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 4 de agosto de 2013

Mágoas da alma...



O céu chorou lágrimas
Que inundaram o oceano
Um clamor brotou das águas azuis...
Eu bebi cada gota com tanta sede...
Talvez... Afogando as mágoas da alma!


Foram tantas as palavras... Verdades vindas
Do meu coração

Não esperava protestos de dó ou palavras
De amor... Sobre as pedras... Quedei-me
Sou espuma de uma solitária onda
Neste mar de ilusão...


Agora, só me restam apenas sonhos perdidos...
E abatida... Deixei tão só esta tristeza infinda!

celina vasques