.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sábado, 29 de junho de 2013

Andorinha...



Sou uma andorinha que se perdeu do bando...

Pousada nas pedras escutando o marulhar do Mar

Quem sabe observando as espumas de uma solitária onda

Com os olhos ausentes de uma antiga dor...

- murmurantes lágrimas -

Caindo em forma de gotas...mostrando sua alma ao vento...

Uma essência solta de todas as correntes...

um coração que já não sabe se ama ou se amou infinitamente…




celina vasques