.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 9 de abril de 2013

Então...Fiz-me tua!

Chegaste cobrindo-me de versos
Vestindo-me de lua... apagando as estrelas
Sibilando qual brisa 

Girando as folhas em escritas mágicas
estremecendo a relva macia...
onde meu corpo descansa
e em delírios na noite de sublime loucura
aprisionando
o meu olhar... meu coração... minha alma nua...
Então... fiz-me tua!



celina vasques