.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quinta-feira, 7 de março de 2013

SOU EU...MULHER!







Sou poetisa mágica
que inspirada no amor
bebo a vida e a
luz da Paixão

Sou mulher

sou guerreira
que sorrindo
vive cantando
encantos e
desencantos


De loucura e furor

meu coração acende
todas as chamas
do ódio ao amor!

Tenho um deserto de

amarguras n'alma
trago no peito
vivas chagas
de um amor perdido...

Sou a tristeza dos mares

o verde das árvores
o cheiro das flores
a sinfonia de pássaros
o vento das noites
o tremor dos pinheiros
Cantigas de Amor!

Quem sou eu?

A languidez de teus olhos
tua sombra
o éco dos teus passos
teus suspiros e queixumes
teu prazer!

Sou um canto de saudade

a lágrima ardente que
em teu colo orvalhei...

Quem sou eu? MULHER! 



CELINA VASQUES