.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quarta-feira, 6 de março de 2013

do jeito que te amei...







Eu sei que nunca mais amarei alguém
Do jeito que te amei... Contigo realizei
Todos os meus sonhos e fantasias
E eu te guardarei nas minhas lembranças...
E lamentarei cada dia por te perder...
Procuro na memória momentos perdidos
Olho para o céu e não vejo estrelas...
O mistério da escuridão vê somente
estas frias brumas... E a voz do silencio!

Celina Vasques