.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Ainda dá tempo?



Pudesse o tempo reescrever nossa história

Se eu tivesse a chance de recomeçar contigo...
Viver tudo de novo... Na suavidade desnuda
Desse amor... Na ânsia de te querer sentir novamente...
Pergunto ao tempo: Poderíamos?
São tantas lembranças... 

Tudo era belo estávamos juntos...
Sorrisos e beijos, abraços apertados...
Promessas de amor eterno... Que o vento levou
Embaçadas memórias de um passado
Que eu não consigo esquecer!


Celina vasques