.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 9 de dezembro de 2012

A vida continua...




A vida continua...
E eu continuo a caminhada...
 Meus passos me levam.
Sem destino certo...
Errante... Meus pés já calejados
Tropeçando entre pedras
Em busca de um sentir que não existe
O amor perfeito... Sonhado... Desejado...
Tão ansiado... Num místico fascínio
Qual o brilho cintilante duma inatingível estrela!

E vivo na procura solitária
Numa busca sem fim... A vida inteira
Á procura de ti... Ou talvez de mim?
Uma Incógnita...
 Será que um dia te poderei encontrar?
Na minha alma um distante lamento
Na agonia dos sonhos perdidos...
A vida continua...
Em mim esta pungente necessidade de ser
Amada!

celina vasques