.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 21 de outubro de 2012

Insano...





Insano encontro da minha solidão
Com teus segredos... Confesso todo meu sentir
De saudades... Paixão... E dor da tua ausência...
Não quero falar do tempo, que passou inexorável.
Do frio ou da primavera que se foi...
Adoraria de te sussurrar que era apenas atrás

 da expectativa de ti que viajei no vento,
 mas a cada chegada apenas o vazio falava de nós!


celina vasques