.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Lembro-me de ti!


Os anos vêm passando, mas eu ainda te sou fiel...
E a tudo que te prometi!
Lembro-me dos nossos dias a todo instante
Hoje, amanhã, sempre...
Entendi que amar é importante para
 Que sejamos completos...

Pensar em ti me dá orgasmos de felicidade
Quero te ver!
Para lembrar quanta ternura, 
dos momentos inesquecíveis que vivemos...
A vida é um encontro de outras vidas passadas
 E eu tive este encontro contigo...
Uma narrativa de amor descontinuada... 

Sinto o vento neste dia lindo de verão...
Relembro este amor que perdi e gira em torno de mim
Qual a brisa a murmurar...
Sussurrar... Em meus ouvidos teu nome amado...

 E destrói todos os meus caminhos
Faz-me adormecer de paixão... Sem despertar a razão...
Aprisiona o meu coração e o abandona a própria sorte

E assim segui em frente... Seguindo o vento...
Sem temores e dores...
E hoje restam apenas lembranças... Fugazes!

celina vasques