.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sábado, 28 de abril de 2012

Tua Diva...



Há angustia no teu rosto
E uma lágrima se afoga no canto
De teus olhos alagados... Estás cada vez mais só!

Segues pela estrada teus pés já fatigados
De buscar os sonhos de um amor por ti fantasiado
E tantas vezes rejeitado!

Mas o que tanto procuras poeta?
O milagre abençoado do olhar
Brilhante da alvorada?

Escuta o marulhar do mar...
São murmúrios de amor a te chamar...
E o vento soprando forte que fazem os
Coqueiros uma linda melodia tocar...
E a brisa a te beijar?

Escreve teus versos poeta...Teus sonhos vais realizar
Poderás me encontrar... Sou eu a tua Diva o
Teu amor e estou aqui a te esperar!


celina vasques