.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sábado, 7 de janeiro de 2012

VERDADE DA VIDA!



Voei na fantasia ao cair no sono
Cruzei contigo
nos caminhos viajados
Tua alma nua vagando entre
Tantas lembranças
Brumas ocultavam tua linda face
Ansiei deter o tempo naquele momento
Embriaguei-me na minha solidão!

Aprisionei a razão
Não há fracassos nos sonhos
Nem gesto de partida lá é a morada
De um pedaço de minha alma
O infinito da minha longa espera!

Vago disperso olho fechado
O meu desejar tem diversas trilhas
Dentro dos sonhos... A fantasia
Eu ali contigo num longo abraço
E na realidade... A verdade da vida
Onde o amor tem outros caminhos
Ao amanhecer do dia...








CELINA VASQUES