.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Último beijo!



Faz muito, mas muito tempo!
Numa noite de verão estive contigo
Éramos jovens, e eu te amava demais
- Acho que nós nos amávamos -
Uma melodia tocava... linda melodia
Que nos envolvia....
E eu olhava pra ti embevecida... Uma última carícia
E te dei um beijo de amor!
- Eu ali tão feliz a vida me sorria –
Olhava a lua e pedia para que
ela esperasse para não amanhecer
E fazia planos para o futuro só conseguia
ver estrelas em ti
Ninguém era mais venturoso que eu!

De repente eu vi a dúvida em teus olhos...
Minhas palavras não acalmam teu céu sem paz
Então ali disseste adeus...
Qual cravo e a rosa brigamos e terminou
tudo para sempre!

Os anos passaram-se tu trilhaste
caminhos diferentes
De repente apenas outono e inverno
em minha vida...
Mas na minha alma a lembrança
tatuada
do teu jovem rosto, teu sorriso
E tua fala mansa...

Hoje és eternidade... E eu sempre
Recordo-te com saudades e lembro-me daquele
Ultimo beijo de amor que te dei no verão
Da vida!








celina vasques