.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

TUA VOZ...



Escuto tua voz ao vento...
ela me fala de ti
e eu sinto dentro do meu coração
essa tristeza tão grande
e minh'alma perdida chora...


Fecho os olhos e caminho por
descaminhos... nas noites que
se fazem dias... e o tempo passa
e não voltas...
e eu não sei onde encontrar-te!


Não sei onde estas!!!
sonho contigo e abraço o travesseiro...
muitas lagrimas... muitas...
e não vens e eu te espero!

uma doce musica vem do meu piano
parece que ele compreende a
minha dor e a agonia
que explode no meu peito...


E eu continuo a ouvir a tua voz
muito longe
sendo levada pelo vento...







CELINA VASQUES