.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Tu és!



Tu és o espelho
dos meus sonhos
o sorriso refletido
em um riacho
o traço do prazer
a canção que meu coração canta!

Tu és o arrepio do outono
o sol do verão e
as flores da primavera...
o tesouro ou o preço
que terei de pagar por esse Amor!


Tu és a recordação do passado
e que lembrarei
dos teus olhos e de tuas lágrimas
até o dia que eu morrer...

Tu és a razão pela qual
eu sobrevivo e que levarei
na minha memória...
o sentido de minha vida!




celina vasques