.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

TRANSIÇÃO



Transito em noite
calma e serena
minh'alma flutua à luz da lua
e eu acalento a poesia
com palavras vazias...
Versejando em monólogos
mudos e no silencio da minha voz...

Adormeço e sonho
sonhos delirantes
entorpecendo pela paixão
embriagada pelo perfume
da brisa
- doce transição -
em suaves murmúrios
aos acordes de violinos!

Desperto encantada com a luz do sol
deixando para trás estórias de amor
inventada por nós!







CELINA VASQUES