.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

SUSSURROS



Deixe-me chorar baixinho
com calma...não me interrompa
deixe-me só!

Como sussurros e lamentos
meus sonhos são levados
pelo vento!

Já nasceu o sol
como uma canção sobre
a brisa muito
além do horizonte

Não posso voar
gostaria de poder voar
como os pássaros
para encontrar
a esperança...

A chuva agora cai
não tenho respostas...às
minhas perguntas
algumas talvez, em minhas
orações...

Olho para o ceu e continuo
a caminhada...longa...
cansativa...pesada...
tortuosa....díficil...
elevo meus olhos para
muito além
além de mim...
além dos suspiros do meu
coração partido!







CELINA VASQUES