.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

SUAVEMENTE...NUM SONHO!



Foi quando tu seguraste meu rosto


Suavemente... Num sonho...

Então, as tuas mãos secaram minhas lágrimas,
E todas as minhas esperanças, meus anseios, meus medos,
Todos meus sentires
pareceram se dissolver naquele pranto...

Eu nasci de novo.
Eu ansiava por abraçar-te e dizer que eu sempre te amei.
E todas as dores cruéis e intensas da vida
desapareceram...

Estavas ali e tuas lágrimas misturavam-se ás minhas...
Foi quando eu sabia que o desejo do meu coração
era passar a minha vida ao teu lado!

Eu sempre soube que o teu amor era
Por toda a eternidade,
e tu virias um dia e me levaria
para estar contigo...

Diz-me:
Se tu me amaste sempre... Como eu a ti?

Nosso amor é qual uma chama... Que partilha uma luz
E ilumina a escuridão...
E com teu sorriso cintilante estarei contigo
Toda a minha vida e
viveremos este grande amor!




CELINA VASQUES