.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

SONHO DE SÁBADO



Naquela tarde de sábado entre
árvores e céus azuis
tudo era poesia e esplendor
beijei teus lábios com
tanto ardor naquele momento
nascia em mim este amor!

E eu te queria, te ouvia, me encantava
te olhava e entre sorrisos
- incrivelmente tímidos -
decidi ser tua amante muito
mais que amiga!

E era tudo tão bonito que
eu achava
meus anseios recíprocos
e eu já te amava!

E veio a noite fomos dançar,
céu estrelado... luar
e entre luzes, sussurros,
risos e canções, fui feliz
nos teus braços que emoção!

Mas, a realidade da vida
dos sentimentos
a agonia
não podia me entregar não podia!
era só aquele dia
não eras meu
pura fantasia
foi um sonho
acordei
já era dia!




CELINA VASQUES